20 setembro, 2009

Carqueja



Bacharis sp. Linn., Carqueja amarga, Asteraceae

A carqueja amarga é uma das plantas medicinais, mais usadas popularmente no Brasil na forma de chá para emagrecimento, diurético e problemas digestivos. Medra em terreno pobres, secos ou úmidos, como na passagem da pequena vala de drenagem nas trilhas entre o Museu do Chá e a Casa Bandeirista do Parque Estadual do Itacolomi.
No âmbito das comemorações Franca Brasil será lançada em outubro a exposição - Plantas Medicinais da Estrada Real: Seguindo as pegadas de Auguste Saint-Hilaire. Na ocasião também será lançada a tradução do livro inédito sobre plantas medicinais brasileiras publicado pelo naturalista A. Saint-Hilaire no século XIX (Plantes Usuelles des Brésiliens, 1824) e banco de dados e imagens de plantas medicinais descritas pelos naturalistas.
O banco de dados Dataplamt é uma coletânea de informações sobre 200 espécies usadas em Minas Gerais no passado, obtidas nos diários de viagem dos naturalistas e cientistas que passaram pela região. A preparação do banco www.dataplamt.org.br/bd.php, está em fase final de construção. Seria muito interessante que este banco de dados nos trouxesse mais informações sobre a Etnobotânica dos ameríndios, os primeiros habitantes da região.

2 comentários:

  1. O nome carqueja é usado, em Portugal, para designar um importante arbusto medicinal (Pterospartum tridentatum), da família das leguminosas. A nossa carqueja pouco se parece com a vossa Baccharis, mas o uso parece ser semelhante. Terá sido pelo uso, e não pela forma, que o nome carqueja foi generalizado à Baccharis da foto? A maioria dos nomes vulgares das planta dos Brasil tem origem nas línguas ameríndias autóctones. Será este facto uma prova da importância atribuída pelos primeiros colonos à Baccharis? Muito interessante! Na Europa conhecemos, e detestamos, a B. halimifolia, uma perigosíssima invasora de origem norte-americana.

    ResponderExcluir
  2. Carlos, a carqueja é uma planta conhecida e utilizada em diversas regiões do Brasil, algumas de solo úmido e outras de solo pobre e seco. Certamente o nome pode ter sido atribuído pelos portugueses.
    Não será pelas características amargas e medicinais semelhantes, que o nome é o mesmo?

    Aqui não conheço nenhuma que tenha características de invasora, mas costumam manifestarem-se como invasoras em outros paises não é...

    ResponderExcluir

Comentários:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

PEC - CERRADO

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC 115/1995) que transformou em Patrimônio Nacional o Cerrado e a Caatinga, a exemplo da Amazônia, da Mata Atlântica e do Pantanal foi aprovada em julho de 2010.